O que a filha quer esquecer a neta há de lembrar | Marcelo Canal

O que a filha quer esquecer a neta há de lembrar

Guerreiros nos jardins
Nesta grande batalha não haverá vencedores nem perdedores, mas pessoas transformadas
abril 15, 2020
Mostrar tudo

O que a filha quer esquecer a neta há de lembrar

Dia das Mães 3

Trata-se de  uma palavra de ordem antiga, dos campos sistêmico que merece toda nossa compreensão.

Esta é uma das preciosidades do pensamento sistêmico que contém uma  inesgotável fonte de informações sobre o sistema matrilinear. Trata-se de  uma chave de pesquisa muito especial sobre aspectos da alma feminina. Mas, só com muito cuidado e  respeito é que conseguimos nos aproximar dos mistérios da alma feminina. Trata-se de  uma chave de pesquisa muito especial sobre uma linha de desenvolvimento da alma feminina. “ O que a filha quer se esquecer a neta há de lembrar” é uma informação que traz suas evidências  desde as estruturas mais físicas da biologia mitocondrial, até a ampla vida anímica da relação entre Mãe-Filha, Neta-Avó.

Há uma pesquisa científica, conhecida como Eva Mitocondrial, sobre o componente do DNA que evidencia que o óvulo feminino carrega essa informação. Eva mitocondrial é o nome pelo qual é conhecido o mais Recente Ancestral Comum por Descendência Matrilinear (RACDM) de todos os seres humanos vivos na atualidade. É importante se compreender que  o óvulo que uma Mãe disponibiliza para a fecundação de sua filha, foi formado no ventre da sua própria Mãe ou seja no ventre da avó da criança. O DNA mitocondrial escapa à mistura dos genes do pai e da mãe, ou seja ele salta de receber uma influência mais direta dos pais.

Sistemicamente isto é compreendido que, as avós carregam a carga informativa do propósito da criança e as Mães o sentido da missão.  Uma vez compreendida a base científica desta afirmação, cabe então se pesquisar na própria vida feminina tais evidências e em como esta informação está estruturada em sua biografia.

Esta pesquisa permite uma importante revelação das relações Mães-Filhas e Avós e Netas. O caminho sistêmico do auto conhecimento é de tal forma, que  quando uma informação nos é assim revelada pelos trabalhos das constelações familiares, ela deve ser cultivada como uma semente para que aos poucos possa despertar e  se desenvolver para nós, até que se transforme numa flor, mística e  perfumada.

Neste ponto cabe então a pergunta:

O que devemos então tomar da Mãe e o que devemos deixar com a elas que lhe pertence? Sobre este artigo veja em “O Tomar a Mãe “ nas constelações familiares.

Vamos então logo a seguir falar um pouco mais sobre este caminho em nossas relações com as Mães.

Se você gostou deste artigo. Veja a baixo outras informações e assine nossa Newsletter para receber novos artigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *